Especialização em Medicina Hiperbárica na FCMSCSP

eduardo-vinhaes-fcmscsp

Prof. Eduardo Vinhaes, coordenador técnico do curso de Pós-Graduação em Medicina Hiperbárica da FCMSCSP

A Medicina Hiperbárica trata do bem estar físico, psíquico e social do ser humano que se expõe a um ambiente com pressão barométrica, elevada (hiperbarismo), estudando também os efeitos terapêuticos do oxigênio hiperbárico e os problemas relacionados ao mergulho, a fim de preveni-los ou suavizar as suas consequências.

O curso de Pós-Graduação (lato sensu) em Medicina Hiperbárica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo tem inscrições abertas até o dia 26 de setembro e oferece a oportunidade de um detalhado aprimoramento científico e profissional direcionados ao médico interessado nesta área por intermédio de apresentações teóricas e treinamentos práticos.Dentre os objetivos da especialização, estão a capacitação e o aprimoramento de médicos para orientar, analisar, realizar pesquisas e contribuir na segurança e organização de atividades em ambiente hiperbárico, além da identificação dos fatores de risco e estabelecimento de programas de prevenção, buscando conhecer como e por que acontecem acidentes de mergulho, que tipo de acidentes são estes, acompanhar sua evolução e identificar suas características.

De acordo com o Prof. Eduardo Vinhaes, coordenador técnico do programa, o curso é uma ferramenta indispensável ao profissional que trabalha ou pretende trabalhar em serviços médicos hiperbáricos bem como aqueles que atendem a candidatos a mergulhador ou a mergulhadores recreativos e profissionais e trabalhadores de ambiente pressurizado. “É uma oportunidade única para se adquirir o conhecimento médico e técnico em uma área da medicina que ainda tem muito a oferecer em um país que conta com uma das maiores populações de mergulhadores em toda a América Latina, mas que ainda possui diversas áreas sem nenhum tipo de serviço médico hiperbárico disponível”, afirma.

Além dos aspectos fisiológicos, clínicos e éticos, o curso aborda pontos importantes do uso seguro de equipamentos (câmaras) hiperbáricos e de mergulho propiciando uma formação aprofundada em medicina hiperbárica. “Isso permitirá ao aluno atender de maneira diferenciada a um mercado carente de profissionais com treinamentos mais específicos na área”, finaliza o professor.

Serviço
Inscreva-se aqui
: Pós-Graduação em Medicina Hiperbárica
Coordenação: Prof. Dr. Daniel Muñoz
Coordenação Técnica: Prof. Eduardo Vinhaes
Vagas: 55
Prazo para inscrições: até 26 de setembro de 2016
Carga horária total: 400 horas
Duração do curso: 12 meses
Horário: sextas-feiras, das 19h às 23h, e sábados, das 8h às 12h e das 13h às 17h (quinzenalmente).
Investimento total: 12 parcelas mensais de R$ 980,00

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 94, em 9/8/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Enfermagem na Assistência ao Adulto em UTI: inscrições abertas

graziela-ramos-de-souza-fcmscsp

Prof.ª Mestra Graziela Ramos B. de Souza

O curso de Pós-Graduação em Enfermagem na Assistência ao Adulto em Unidade de Terapia Intensiva da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, que tem inscrições abertas até o dia 22 de julho, volta-se à formação do enfermeiro, nas áreas de assistência, gestão, ensino e pesquisa. Como objetivos gerais do programa, o curso de especialização lato sensu permite ao aluno abordagens como planejar, implementar e avaliar a assistência de enfermagem ao paciente crítico, gerenciar o processo de trabalho em Unidade de Terapia Intensiva Adulto, desenvolver projetos de educação permanente voltados à equipe de trabalho, paciente e família em UTI e realizar estudos investigativos em unidade de atenção ao paciente crítico.

De acordo com a Prof.ª Mestra Graziela Ramos B. de Souza, coordenadora do programa, o curso possibilita o aprimoramento no que diz respeito ao conhecimento científico e proporciona ao enfermeiro o desenvolvimento da assistência de enfermagem para melhorar as práticas assistenciais nas Unidades de Terapia Intensiva adulto. “O programa oferece a oportunidade de desenvolver projeto de pesquisa, a fim de contribuir com o aprendizado de desenvolvimento de projetos para melhorar a qualidade da assistência de enfermagem”, conta.

Além disso, a professora afirma que o programa é de extrema importância, uma vez que o profissional precisa continuar acompanhando as mudanças e inovações presentes no cuidado ao indivíduo: “Principalmente na unidade de terapia intensiva, local onde são assistidos pacientes graves, com necessidades de cuidados de alta complexidade e presença de tecnologia avançada”, completa.

Para a ex-aluna Ana Cristina Porto Ormundo, a especialização a ajudou de forma bastante positiva na profissão: “O curso tem me apoiado nas tomadas de decisões em situações e emergências na minha atuação diária em unidade de terapia intensiva onde o raciocínio clínico e rápido colaboram para um atendimento qualificado e eficaz aos meus clientes.”

Segundo Eliane Gomes Silva Espinosa, também ex-aluna do programa, todos os conhecimentos adquiridos durante o curso foram aplicados em sua trajetória como enfermeira de Terapia Intensiva Adulto: “Até hoje, quando falo que fiz minha Pós-graduação na FCMSCSP, sou avaliada e reconhecida de forma diferenciada. Pude desenvolver habilidades de pesquisa e ampliar meus conhecimentos no desenvolvimento de trabalhos científicos, já que a instituição motiva essa prática”, conta.

Do total da carga horária prevista, o curso de Enfermagem na Assistência ao Adulto em Unidade de Terapia Intensiva da FCMSCSP tem como diferencial 40% de prática clínica em Unidades de Terapia Intensiva adulto.

Serviço
Inscreva-se aqui
: Enfermagem na Assistência ao Adulto em Unidade de Terapia Intensiva
Coordenação: Prof.ª Mestra Graziela Ramos B. de Souza
Vagas: 45
Prazo para inscrições: até 22 de julho de 2016
Carga horária total: 450 horas
Duração do curso: 18 meses
Horário: sextas-feiras, das 14h às 22h, e sábados (quinzenalmente), das 8h às 17h.
Investimento total: Matrícula + 17 parcelas de R$ 710,00
Obs.: condições especiais para ex-alunos ou funcionários da Santa Casa de São Paulo.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 92, em 12/7/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações: inscrições até 25/7

peca-facebookAté o dia 25 de julho de 2016, estão abertas as inscrições para o novo curso de Pós-graduação em Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Com taxa de inscrição no valor de 75 reais, o programa da FCMSCSP é Destinado a graduados que atuem como profissionais de recursos humanos, consultores, coaches, líderes e gestores em geral, além de profissionais de outros campos de atuação que tenham interesse nessa temática.

Sob a coordenação da Prof.ª Dra. Carla Andréa Tieppo, o curso de especialização tem como principal objetivo promover a aquisição de conhecimentos neurocientíficos aplicados à gestão para fornecer ao mercado mão de obra capacitada a aplicar esses conhecimentos no desenvolvimento sustentável de pessoas e organizações.

A divulgação do curso de Pós-graduação em Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações da FCMSCSP tem contado com diversos parceiros, dentre os quais o Blog Psicopedagogia Online para Todos, que é destinado a educadores, sejam eles profissionais da educação ou pais, e pessoas que desejam entender um pouco mais sobre a psicopedagogia. Você pode conhecer o Blog clicando aqui.

 

Serviço
Inscreva-se aqui: Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações
Coordenação: Carla Andréa Tieppo
Vagas: 40
Prazo para inscrições: até 25 de julho de 2016
Carga horária total: 440 horas
Duração do curso: 21 meses
Horário do Curso: das 19h às 22h00
Investimento total: 21 parcelas mensais de R$ 1.380,00

Especialização em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética tem inscrições abertas

Homero-Melo-fcmscsp

Dr. Homero José de Farias e Melo, coordenador do curso de Especialização em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: TC e RM da FCMSCSP

De acordo com estudo conduzido pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), a radiologia e o diagnóstico por imagem estão entre as 10 especialidades mais procuradas por profissionais da área médica. Para os que desejam atuar dentro desses campos e que tenham formação em outras áreas, além da Medicina, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo oferece o curso de Pós-graduação em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: TC e RM. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 11 de agosto.

Destinado aos tecnólogos em radiologia, biomédicos, médicos veterinários e demais profissionais graduados com interesse na área, o curso, que tem duração de 15 meses, proporciona a formação do especialista em Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética mediante o desenvolvimento de competências anatômicas, físicas, operacionais, patológicas e tecnológicas específicas. “Essa é uma excelente oportunidade para o profissional ter contato com as mais modernas técnicas da área e atualizar os conhecimentos, com o apoio de nosso corpo docente, que é muito atuante e qualificado neste mercado”, acrescenta o Dr. Homero José de Farias e Melo, coordenador do curso de Especialização em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: TC e RM da FCMSCSP.

O programa de pós-graduação possui carga horária de 560 horas e acontece às terças e quintas-feiras, das 19h às 23h00. O investimento é de 15 parcelas de R$ 656,00 e as inscrições poderão ser feitas no Portal FCMSCSP: www.fcmsantacasasp.edu.br.


Serviço
Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética

Coordenação: Homero José de Farias e Melo
Vagas: 40
Prazo para inscrições: até 11 de agosto de 2016
Carga horária total: 560 horas
Duração do curso: 15 meses
Horário do Curso: terças e quintas-feiras, das 19h às 23h00
Investimento total: 15 parcelas mensais de R$ 656,00

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 91, em 28/6/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Aluno de Doutorado da FCMSCSP participa de programa de intercâmbio na Austrália

Alisson-Paulino Trevizol-fcmscsp

Alisson Paulino Trevizol

Alisson Paulino Trevizol, aluno de Doutorado em Ciências da Saúde da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, foi um dos seis brasileiros selecionados para participar do programa “Australia–Brazil PhD Exchange”. O programa visa proporcionar aos alunos brasileiros que estejam no segundo ou terceiro ano de doutorado uma experiência, em primeira mão, de pesquisa na Austrália, orientação à cultura australiana e uma introdução à infra-estrutura de ciência e pesquisa naquele país.

Com a oportunidade, Alisson pôde aprofundar os estudos em sua linha de pesquisa do Doutorado, na área de Psiquiatria, chamada “Estimulação Transcutânea do Nervo Vago”, orientado pelo Dr. Quirino Cordeiro Jr., que tem como objetivo entender como funciona a estimulação cerebral. Na ocasião, o estudante teve contato com importantes pesquisadores das universidades de Melbourne e Adelaide e da Academia Australiana de Ciências. “Nós tivemos um resultado bastante positivo nos pacientes que foram estimulados. Foi uma troca de informações. Nós levamos o nosso conhecimento em estimulação de nervos cranianos para a Austrália e trouxemos de volta novas técnicas como o iTBS, feito com uma máquina de estimulação magnética que não tínhamos aqui”, conta Alisson.

Em junho de 2017, o aluno retorna à Austrália a fim de dar início ao seu pós-doutorado que estuda a psiconeuroimunologia, para avaliar quais os efeitos das técnicas de estimulação cerebral no sistema imune do paciente.

Nova pós na FCMSCSP promove prática de gestão de pessoas por meio da neurociência

Carla-Tieppo-fcmscsp

Dra. Carla Andréa Tieppo, professora da FCMSCSP

O crescimento da neurociência nos últimos anos determinou a ampliação dos objetos de aplicação deste conhecimento em diversas áreas, uma vez que o estudo sobre os mecanismos de processamento neural da informação trouxe novos subsídios para o entendimento do ser humano e seu comportamento. Entendendo essa realidade, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo criou o curso de Pós-graduação em Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações, que tem inscrições abertas até o dia 25 de julho de 2016.

Destinado a graduados que atuem como profissionais de recursos humanos, consultores, coaches, líderes e gestores em geral, além de profissionais de outros campos de atuação que tenham interesse nessa temática, o curso de especialização tem como principal objetivo promover a aquisição de conhecimentos neurocientíficos aplicados à gestão para fornecer ao mercado mão de obra capacitada a aplicar esses conhecimentos no desenvolvimento sustentável de pessoas e organizações.

Além disso, de acordo com a Dra. Carla Andréa Tieppo, professora da FCMSCSP e coordenadora do programa, o curso de pós-graduação tem o potencial de revolucionar a gestão de pessoas e o trabalho no desenvolvimento de potencial humano nas corporações: “Trabalho há oito anos com cursos de extensão em neurociência para diferentes públicos e o público-alvo desse curso tem enorme carência de formações de qualidade que incorporem os conhecimentos originados na ciência do cérebro no trabalho dentro das corporações. As pessoas são o sustentáculo maior das empresas e não estamos empregando tudo o que sabemos sobre comportamento e saúde mental nas práticas de gerenciamento de pessoas. Essa especialização vem para preencher essa lacuna”, conta.

A professora afirma também que, quando o assunto é comportamento humano, são muitos os desafios enfrentados no dia a dia das corporações. Isso porque as principais razões para que um indivíduo tecnicamente capaz não seja mantido ou promovido dentro de uma organização estão diretamente relacionadas às suas deficiências comportamentais: “Isso se agrava ainda mais quando focamos no desenvolvimento de lideranças e de times de alta performance em que as características técnicas são o balizamento para a escolha dos indivíduos, mas são as características comportamentais que impedem a evolução de um sistema.” A aplicação da neurociência nesse contexto, acrescenta a coordenadora, amplia as ferramentas disponíveis para a correção desses desvios e torna a avaliação e desenvolvimento dessas habilidades algo mais tangível, mensurável e direcionado: “A formação em neurociência habilita-nos a investigar a caixa-preta que representa a mente humana de uma forma absolutamente inovadora.”

O curso de Pós-graduação em Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações, que é único no Brasil, tem duração de 21 meses e carga horária de 440 horas. O programa também conta com um time de docentes composto por acadêmicos e profissionais do mercado aliando a precisão científica com a prática profissional. “Trata-se de um programa inovador e ousado, para o mercado encarar os desafios do século 21”, finaliza a Dra. Carla Tieppo.

Serviço
Inscreva-se  aqui: Neurociência e o Futuro Sustentado de Pessoas e Organizações 

Coordenação: Carla Andréa Tieppo
Vagas: 40
Prazo para inscrições: até 25 de julho de 2016
Carga horária total: 440 horas
Duração do curso: 21 meses
Horário do Curso: das 19h às 22h00
Investimento total: 21 parcelas mensais de R$ 1.380,00

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 91, em 28/6/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Publicação de artigos científicos: recomendações práticas para jovens pesquisadores

erica-de-cassia-ferraz

Érica de Cássia Ferraz

Já está disponível, em versão online, o livro “Publicação de artigos científicos: recomendações práticas para jovens pesquisadores”. A obra é resultado da dissertação de Mestrado de Érica de Cássia Ferraz, orientada pela Profa. Dra. Ana Luiza Navas, no programa de Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, entre os anos de 2013 e 2015.

O livro tem como objetivo auxiliar pesquisadores iniciantes no planejamento de seus artigos para submissão, orientá-los em relação aos trâmites do processo de avaliação e publicação do material (como responder aos avaliadores e editores), além de recomendar materiais de consulta na área da Saúde da Comunicação Humana. A publicação contou com o importante apoio da Associação Brasileira de Editores Científicos (Abec). Para acessar, clique aqui.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 49 outros seguidores